agosto 04, 2009

Será possivel?

Isaltino condenado por 4 crimes
Além de prisão também lhe foi sentenciado que não pode continuar o seu mandato na câmara de Oeiras.
 
Resultado: Isaltino diz "era o que faltava eu vou continuar o meu mandato e não vou preso" (palavras minhas, a intenção é dele)
 
Será possivel que eu, um comum mortal que pago impostos, nunca corrompi nem fui corrompida, mas não sou politica, nem gente importante, também posso dizer que não pago a multa de trânsito? (o meu nivel máximo de crime)
 
Ou só é possivel ir contra decisões da justiça se forem realmente grandes crimes que emvolvam prisões?
 
Mas por outro lado penso, "que raio, a Fátima também foi de férias (fugiu) para o Brasil e agora é uma mulher feliz, "soltinha da silva" e imaculada criatura porque não o Isaltino?"
 
E já agora como está o Caso Casa Pia? estamos em época de férias, está na altura de soltar toda a gente (o Silvino não, esse não tem dinheiro para férias pode ficar preso), não está?
O juizes já devem ter arranjado todas as justificações para provar a inocência dos "senhores" e a mentira gigantesca das crianças, ou ainda não tiveram tempo?
Porque é isso que estão a fazer, não é?

4 comentários:

Cris (Mahinder Kaur) disse...

Não faço a ideia do que andam a fazer. Já me perdi nas contradições, mentiras e despudores. Só me resta a fé: acreditar que a justiça divina fará o seu jus.

ianita disse...

Eu já acho fixe ele ter sido condenado... a Felgueiras tb foi, mas com pena suspensa...

Acho que este é um pequeno primeiro passo, mas não deixa de ser um primeiro passo :)

Rasalaz disse...

O grande problema é que a sentença vai contra tudo o que tem sido habito em Portugal, onde a regra é que as leis só se aplica a quem não tem interesses ou não se pode defender. Nesta situação a justiça foi cega tal como deve, aplicando as leis de igual modo, independentemente do estatuto do reu.
E isso é que choca muita gente em Portugal, todos concordam que devem existir leis, mas não concordam que lhes sejam aplicadas as leis.

É possivel que a sentença acabe por ser anulada por ir contra o estatuto de VIP.
Caso contrario corre-se um serio risco de que todos os presidentes da camara sejam julgados e punidos por actos de corrupção, assim ficavam as camaras vazias.

Pedro Fontela disse...

Existe lei além do papel? É que sinceramente essa é a grande dúvida hoje em dia. Para nós mortais parece que sim, até pesada por vezes, para outros a resposta é muito pouco clara...