agosto 26, 2009

Ai que lhe pregam uma rasteira

"O ex-líder do PSD Luís Marques Mendes lamentou ontem à noite que os partidos não tenham a preocupação em escolher os candidatos a deputados com base na qualidade e credibilidade, como acontece nas eleições autárquicas."

Se ele usasse sapatos altos ainda lhe partiam os saltos, assim aposto que lhe tiram o banquinho para onde sobe quando tem que falar para as "multidões".

Eu concordo com ele, mas já pensava que o importante era os candidatos terem um curriculum invejável na área da corrupção, condenações e afins.

Pensava eu que isso significava que também conheciam a vida difícil do submundo e portanto seriam excelentes candidatos conhecedores de várias realidades, afinal é só uma questão de ética e moral que não precisam ter.

Este Marques Mendes só diz disparates.

3 comentários:

bono_poetry disse...

eu sempre o achei um enorme zerooo!Se existem tipos sem qq perfil este e um deles dentro da politica portuguesa!opiniao minha!

ianita disse...

"como acontece nas eleições autárquicas"?! Mas as eleições autárquicas não são aquelas eleições em que se vota para as Câmaras? É? E não uma data de Presidentes de Câmara com processos de corrupção e afins em Tribunal? E que ainda por cima se recandidatam?

Devo estar a fazer confusão, de certeza...

Esta gente é maluca! Mas quem vota neles é ainda mais maluco :)

Anónimo disse...

É como diz.

Mas já lhe tiraram o banquinho há muito tempo!

Imagine a confusão que vai nas cabeças nos pobre betos que frequentam a tal "universidade"...

Noto que Marques Mendes é agora coerente com o que fez enquanto líder do PSD. Fosse MFL e teríamos o "Tino" de Oeiras e o Valentim, candidatos pelo PSD a deputados...

Desenvolvi em http://sol.sapo.pt/blogs/xadrezismo/archive/2009/08/26/A-ESCOLA-EM-QUE-AS-AULAS-TE_D300_RICAS-CONTRADIZEM-AS-PR_C100_TICAS.aspx

E sobre o caso "listas PSD/MFL" também por lá já me pronunciei...

Cumprimentos